Archives For urbanismo

Urbanismo multicultural

Marcelo Teixeira —  8 de maio de 2013 — Comentários

Superkilen é uma das melhores propostas de urbanismo que já vi, traduz exatamente qual a função do arquiteto e urbanista no desenvolvimento de um projeto, que é conhecer o ambiente e a população onde será inserido o seu projeto.

O projeto é do BIG, Bjarke Ingels Group, liderado por Bjarke Ingels (foto acima), arquiteto dinamarquês que geralmente incorpora idéias de desenvolvimento sustentável e conceitos sociológicos em seus projetos, mas muitas vezes tenta alcançar um equilíbrio entre as abordagens lúdicas e práticas para a arquitetura.

 

Quando a equipe foi convidada a propor um projeto de um quilômetro do espaço urbano através do exterior de Norrebro, nas antigas trilhas ferroviários, eles perceberam que eles tinham que fazer mais do que apenas um projeto urbano. O bairro é o mais etnicamente diverso em toda a Dinamarca, com mais de 60 nacionalidades, e também é a comunidade com mais dificuldade social sendo a mais próxima a um gueto em Copenhague, Mjølnerparken. Este projeto tinha que se tornar um veículo de integração, ao invés de um exercício estético de design dinamarquês.

Superkilen tem uma ideia geral do que seria uma exposição gigante das melhores práticas urbanas – uma espécie de coleção de objetos do mundo todo que vêm de 60 nacionalidades diferentes, das pessoas que habitam a área ao redor. Variando de equipamentos de exercício da Muscle Beach de Los Angeles à coleta de esgotos de Israel, palmeiras da China e sinais de néon de Qatar e Rússia. Cada objeto acompanha uma pequena placa de aço enterrada no chão descrevendo o objeto, o que é e de onde é, em dinamarquês e na(s) língua(s) de origem. Uma espécie de coleção surrealista da diversidade urbana global que, de fato reflete a verdadeira natureza da vizinhança local – em vez de perpetuar uma imagem petrificada da homogênea Dinamarca.

Superkilen

No vídeo abaixo (em inglês) talvez vocês tenham uma surpresinha, pelo menos eu fiquei bastante surpreso. Não se preocupem se não sabem o idioma dos vídeos, as imagens falam por si só.

Mais do Superkilen (em dinamarquês)

Via BIG.

Seguindo a mesma ideia do aplicativo para iphone Cidade Legal, anteriormente postado aqui em nosso blog, existe também o Colab, que parece seguir o mesmo esquema do concorrente, com a diferença de ser um aplicativo que roda juntamente com o Facebook. Colab

Ainda não tive a oportunidade de testá-lo pois parece precisar de uma quantidade certa de pessoas para poder usá-lo e aqui em minha cidade ainda não possuo essa quantidade, veja imagem abaixo:

Colab

Assim que eu conseguir acessar atualizo aqui para vocês a minha impressão sobre o aplicativo.

Como prometido estou voltando aqui para atualizar essa publicação. Questionei o pessoal da Colab sobre qual seria a quantidade de pessoas necessárias para poderem permitir acesso ao aplicativo e me responderam que eles “utilizam um percentual para liberarem e que depende de como eles vão conseguir entrar no Estado”, isso se deve ao fato de que, diferente do Cidade Legal, o Colab parece ter uma certa conexão com o governo, ou seja, as reclamações e propostas serão vistas não só pela população. Outra coisa é que parece haver uma fila, por exemplo, se o Distrito Federal tiver mais usuários cadastrados que o Ceará, o Distrito Federal estará à frente na fila, então se você quer que isso funcione no seu Estado, convide o máximo de pessoas que puder e convença-os a participarem.

Ao contrário do que disse sobre o Colab ser um aplicativo apenas para Facebook, o encontrei na appstore, não sei se ficou disponível agora mas ao menos agora sabemos que existe o aplicativo também para iphone.

Instalei e logo percebi que no aplicativo para iphone parece não haver a necessidade da porcentagem de usuários para poder usar o serviço. Um dos diferenciais é que além de você expor os problemas da cidade, você pode também qualificar os serviços, no caso, saúde, segurança e educação, e pode também propor sugestões ou soluções para os problemas da cidade, o que achei muito bom, pois não basta apenas fazermos críticas, temos que propor soluções.

Colab.re

Alguns problemas continuaram em relação ao concorrente, um deles é o fato de só poder marcar se estiver no local, no caso do Colab, há campos para escrever o endereço, mas tem coisas que não têm endereço, como um poste ou um buraco. Outro problema é também o mesmo do concorrente, não há abertura para a criação de um novo problema, ou seja, se o problema não estiver listado não tem como marcar.

É isso pessoal, qualquer coisa atualizarei de novo. Espero que tenham gostado.

 

Para quem ainda não conhece, existe um aplicativo, chamado “Cidade Legal”, que tem como objetivo compartilhar os problemas das cidades através de geolocalização e imagens. A ideia do aplicativo seria interessante se não fosse o porém de ser a mesma coisa que postar diretamente nas redes sociais, o que até agora mostra não ter muito efeito já que prefeitos fogem de problemas, fora as marcações enganosas que existem no aplicativo…sempre existe alguém para não levar a iniciativa a sério.

Mas falando sobre o aplicativo, ele tem muito o que melhorar:

1- Primeiro deveria haver as opções comuns de mapa, que são: mapa padrão, satélite e híbrido, já que não dá para se localizar direito apenas através do mapa padrão;
2- A marcação deveria ser aprovada por, pelo menos, mais duas pessoas para se tornar verídica;
3- A marcação não deveria ser feita apenas no ponto da sua localização, por exemplo, eu sei de um buraco na rua ao lado mas não posso marcar porque não estou lá, isso dificulta as marcações;
4- Os ícones são muito legais mas não mostram todos os problemas urbanos, deveria haver uma opção de inclusão de problemas;
5- O aplicativo deveria ter um caráter mais urgente e funcionar direto com o governo. Aqui no Brasil eu não sei, mas em alguns países era capaz do governo ter criado algo do tipo para saberem dos problemas das cidades.

De uma forma ou de outra recomendo baixarem o aplicativo que com certeza vai ter atualizações o tornando melhor, e quem sabe o Prefeito da sua cidade baixe o aplicativo também. Aproveitem que é gratuito e funciona no iphone.