Archives For concreto

Concreto Wolverine

Marcelo Teixeira —  8 de junho de 2013 — Comentários

Concreto

Um problema pertinente nas construções é que de uma forma ou de outra as calçadas terão rachaduras com o tempo, pelo desgaste, má execução ou pela ação das raízes das árvores, e seu reparo exige trabalho humano e custa dinheiro. Um outro problema é que mais de 7% das emissões de carbono vem da produção do cimento, um dos componentes na execução das calçadas, causando assim o efeito estufa, mas o que poderia ser feito para evitar esses problemas?

Pesquisadores da Universidade de Cardiff, Universidade de Cambridge, e Universidade de Bath fazem parte de um projeto £3m para criar um concreto que se auto-cicatriza. O material seria capaz de se consertar com a ajuda de uma bactéria contendo microcápsulas que brotariam e produziriam calcário quando a água entrasse nas fissuras.

Basta sabermos quanto tempo demora o processo de “cicatrização” do cimento porque dependendo da velocidade da evolução da rachadura a calçada poderia ficar desnivelada, mas a pesquisa é realmente revolucionária.

Open Box House

Marcelo Teixeira —  5 de maio de 2013 — Comentários

Esta casa é um dos melhores exemplos da A-Cero, trabalhos inspirados por esculturas de Jorge Oteiza.
A Open Box House está localizada nos arredores de Madrid. As formas da casa são originais, a fachada é feita de concreto granulado. A área de 2.600 metros quadrados, inclui garagem e instalações, quatro quartos, uma biblioteca, uma sala, uma cozinha e um quarto de empregada. Os móveis também são criados pela A-Cero. À noite quando é iluminada, é como uma escultura moderna. A casa domina a paisagem e suas formas são notáveis. É como viver em uma grande escultura moderna. Um espaço de vida incrível!

Open Box House Open Box House Open Box House Open Box House Open Box House Open Box House Open Box House Open Box HouseOpen Box House Open Box House Open Box House Open Box House Open Box House Open Box House Open Box House Open Box House

Via DigsDigs.

The Stamp House

Marcelo Teixeira —  4 de maio de 2013 — Comentários

No clima tropical de Far North Queensland, na Austrália, ciclones ameaçam regularmente as casas e a vida dos moradores. O escritório Charles Wright Architects construiu a Stamp House como um abrigo seguro contra ciclones, que também é ecologicamente correto.

A Stamp House está situada em uma pequena ilha no meio de um lago, com acesso por uma longa passarela sobre a lagoa. A estrutura é composta de uma mistura de concreto novo e concreto reciclado, o que ajuda a isolar o edifício e mantê-lo a uma temperatura confortável durante todo o ano.

Durante o processo de planejamento e construção, os arquitetos trabalharam em estreita colaboração com grupos ambientalistas locais para assegurar que o sistema de água do prédio não iria interferir com os pântanos circundantes.

A casa dispõe de espaços públicos e privados em dois níveis. As grandes câmaras em balanço abrigam um total de sete quartos. O coração da casa, no centro das asas dos quartos, contém uma sala de estar, sala de jantar e uma academia, entre outras coisas.

Um dos objetivos dos arquitetos era criar uma casa livre de carbono. Eles o realizaram em parte cobrindo quase todo o teto com painéis solares. Um gerador de energia solar fornece energia de backup, quando necessário. A casa tem o seu próprio sistema de água que colhe água do entorno, purifica, e depois a coloca de volta ao sistema.

Além de ser ecologicamente correta, a casa pode resistir ao poder de um ciclone de categoria 5. Esses braços em balanço impedem a infiltração de água na casa, fazendo dessa estrutura um dos mais seguros (e provavelmente mais secos) lugares em Far North Queensland no caso de um ciclone.

Via Dornob.