Happy Magic Watercube

Marcelo Teixeira —  5 de junho de 2013 — Comentários

Water Cube

Happy magic Watercube foi o que aquele famoso prédio que sediou os eventos de natação e salto ornamental nas Olimpíadas de 2008 em Beijing se tornou. Todo prédio construído para um determinado evento internacional de grande porte como a Copa do Mundo ou as Olimpíadas deve ter sempre duas finalidades, uma para o próprio evento e outra para o que ele pode ser após o evento. Após as olimpíadas a empresa Forrec, do Canadá, ganhou o contrato para projetar um parque aquático dentro da famosa estrutura, e claro que teria que ser no mesmo nível do próprio prédio.

Water Cube

Levando em consideração a presente estrutura externa em forma de bolhas, perceberam que a luz que ali atravessara criava no interior do edifício um ambiente “submerso”, e a partir daí eles criaram o conceito de uma lagoa subaquática tropical com grandes elementos aquáticos abstratos: bolhas de ar coloridas, algas marinhas, corais e medusas “flutuantes”, criando uma dinâmica atmosfera aquosa. À noite, uma iluminação teatral é adicionada, criando uma fantasia aquática. Os elementos abstratos são divertidos o bastante para criar entusiasmo, mas ainda sofisticados o bastante para complementar a geometria da estrutura.

Water Cube Water Cube

O entrelaçado também apresentou alguns grandes desafios. Enquanto muitos parques aquáticos cobertos tem escorregadores e torres que se estendem pela estrutura, a pele do Water Cube não podia ser penetrada, então todos os elementos tinham que estar confinados dentro do edifício, sem parecer apertado ou lotado. A solução foi considerar cuidadosamente todas as 3 dimensões do espaço — não só o plano — e combinar as atrações e os elementos temáticos dentro de uma enorme e mesclada composição.

Water Cube Water Cube Water Cube

A construção desse interior durou 14 meses e em 2010, a Associação de Parque Aquáticos do Mundo apresentou o Happy Magic Watercube com o seu Prêmio de Inovação da Indústria. O conceito – um parque aquático temático de alta qualidade – expandiu-se para parques aquáticos em Pequim e Nanjing e, com a ajuda da Forrec há planos para expandir ainda mais a marca em toda a China.

Via Architizer.

Marcelo Teixeira

Posts Twitter Facebook Google+

Designer e estudante de Arquitetura e Urbanismo, criador da Archtechulture Megazine. Semi-geek, polêmico mas com visão holística, viciado em internet e curte tudo relacionado a design e tecnologia.

No Comments

Be the first to start the conversation.

Deixe uma resposta

*

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>