Archives For Sustentabilidade

The Stamp House

Marcelo Teixeira —  4 de maio de 2013 — Comentários

No clima tropical de Far North Queensland, na Austrália, ciclones ameaçam regularmente as casas e a vida dos moradores. O escritório Charles Wright Architects construiu a Stamp House como um abrigo seguro contra ciclones, que também é ecologicamente correto.

A Stamp House está situada em uma pequena ilha no meio de um lago, com acesso por uma longa passarela sobre a lagoa. A estrutura é composta de uma mistura de concreto novo e concreto reciclado, o que ajuda a isolar o edifício e mantê-lo a uma temperatura confortável durante todo o ano.

Durante o processo de planejamento e construção, os arquitetos trabalharam em estreita colaboração com grupos ambientalistas locais para assegurar que o sistema de água do prédio não iria interferir com os pântanos circundantes.

A casa dispõe de espaços públicos e privados em dois níveis. As grandes câmaras em balanço abrigam um total de sete quartos. O coração da casa, no centro das asas dos quartos, contém uma sala de estar, sala de jantar e uma academia, entre outras coisas.

Um dos objetivos dos arquitetos era criar uma casa livre de carbono. Eles o realizaram em parte cobrindo quase todo o teto com painéis solares. Um gerador de energia solar fornece energia de backup, quando necessário. A casa tem o seu próprio sistema de água que colhe água do entorno, purifica, e depois a coloca de volta ao sistema.

Além de ser ecologicamente correta, a casa pode resistir ao poder de um ciclone de categoria 5. Esses braços em balanço impedem a infiltração de água na casa, fazendo dessa estrutura um dos mais seguros (e provavelmente mais secos) lugares em Far North Queensland no caso de um ciclone.

Via Dornob.

High Line Park, NY

Ayana Dantas —  1 de maio de 2013 — Comentários

Manhattan, NY

Desde 2002 um grupo de moradores do coração de Nova York vem dando um show de civilidade.

O Friends Of The High Line é uma organização não governamental composta por habitantes de Nova York que lutaram pela preservação e hoje se responsabilizam pela manutenção de uma antiga linha férrea elevada (High Line) que cruza 19 quarteirões de Manhattan e encontrava-se desde os anos 80 desativada e entregue ao abandono.

A ONG travou uma briga judicial com os empresários da construção que pretendiam demolir a estrutura da antiga linha e construir prédios a fio. Nesse empasse, a Prefeitura de Nova York se posicionou favorável aos interesses da ONG, desde que fosse apresentado uma solução viável para a área em desuso.

Foi quando, no ano de 2003, através de um concurso de ideias, surgiu o projeto do HIGH LINE PARK, ativo desde 2009. Os vencedores do projeto foram James Corner Field Operations e Diller Scofidio + Renfro que desenvolveram uma proposta ícone de urbanismo sustentável. Consiste, basicamente, em um extenso passeio público com intenso uso do verde, mobiliário urbano da melhor qualidade, ambiente agradável e propício para ao lazer.

High Line Park Project

O espaço ganhou vida e foi abraçado pela população local, sendo cada vez mais incluído nas rotas turísticas de quem vai a Nova York. Proporciona tanto o  passeio pedonal rápido como produz também um ambiente mirante para os arranha-céus nova iorquinos.

O Friends Of The High Line promove uma série de eventos públicos no parque, contando com a ajuda de programas de voluntariado para sua manutenção e já até expandiu suas atividades para o ramo comercial. O lugar caiu tanto no gosto popular que todos querem desfrutar de alguma forma desse Jardim do Éden no caos de Manhattan.

High Line High Line

Bacana, não? Maiores informações e detalhes projetuais no site:

www.thehighline.org

Window Socket

“Como não pensei nisso antes” deve ser o que várias pessoas devem estar pensando agora. Uma ideia muito interessante dos designers Kyuho Song & Boa Oh, um soquete que funciona com energia solar e pode ser fixado diretamente na janela, através de uma ventosa. Tem como ser mais sustentável e simples que isso? Só tento imaginar se essa pequena área de captação de energia solar é suficiente para gerar 110V.

Window SocketWindow Socket Window Socket Window Socket Window Socket

Quem souber mais informações sobre o projeto não se acanhe em compartilhar, estamos aqui para compartilhar informações.

A história das coisas

Marcelo Teixeira —  29 de abril de 2013 — Comentários

É um vídeo que já está disponível na internet há muito tempo, mas com informações que não envelhecem, vale sempre a pena assistir novamente.

Acredito que muitas pessoas já viram esse vídeo, eu mesmo já assisti várias vezes. Esse vídeo aborda o surgimento das coisas e é um tapa na cara de toda a população mundial, inclusive na minha e talvez na sua.

É novo dever proteger o ambiente em que vivemos, os filmes de ficção científica sobre o fim do mundo, apesar de serem ficção, não distam do que está acontecendo hoje. Vamos cuidar do planeta onde vivemos.